Home / Brasil / Temer se diz vítima de ‘conspiração’, nega renúncia e avalia pronunciamento
Clique e Saiba mais

Temer se diz vítima de ‘conspiração’, nega renúncia e avalia pronunciamento

Presidente Michel Temer no Palácio Jaburu/ Foto: UESLEI MARCELINO / REUTERS

No dia seguinte à reportagem do GLOBO que revelou que o presidente Michel Temer deu aval para comprar o silêncio de Eduardo Cunha, Temer disse ser vítima de “conspiração”, que está “firme” e que não vai renunciar. O presidente derrubou 17 reuniões nesta quinta-feira e avalia fazer pronunciamento em rede nacional de rádio e TV.

O peemedebista prometeu um pronunciamento nacional para rádios e televisões, o que é discutido em reunião com os ministros palacianos Moreira Franco (Secretaria Geral), Eliseu Padilha (Casa Civil), Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo), além do porta-voz e auxiliares. Temer teria audiências, desde as 8h, de meia em meia hora: 19 encontros com parlamentares. Em vez disso, só fez a das 8h, com Petecão, e às 10h entrou em “despachos internos” com os auxiliares. Os avisos de cancelamento de reuniões começaram a ser disparados a senadores e deputados a partir das 9h.

— O presidente disse várias vezes que isso é uma conspiração. Ele estava muito firme e lamentou muito toda a situação. Disse que está firme e que não vai renunciar, não vai cair — declarou o senador Sérgio Petecão (PSD-AC) ao GLOBO.

Fonte: O Globo

Veja Também

Futebol – Pelé completa 80 anos

Pelé / Foto: Getty Imagens