Home / Mundo / Na Suécia um motorista atropela e mata três com um caminhão roubado; suspeito foi detido
Clique e Saiba mais

Na Suécia um motorista atropela e mata três com um caminhão roubado; suspeito foi detido

Motorista atropelou as pessoas em um cruzamento da rua Drottninggatan, uma das principais vias de Estocolmo / Foto: Reprodução/Twitter

Um caminhão atingiu, nesta sexta-feira (7), uma multidão no centro de Estocolmo, na Suécia. Pelo menos três pessoas morreram e outras oito ficaram feridas, de acordo a polícia.

Segundo o site Aftonbladet , o motorista atropelou as pessoas em uma esquina da Rua Drottninggatan, uma das principais vias de Estocolmo e mais frequentadas, onde há grandes lojas e estabelecimentos. O caminhão invadiu uma das lojas por volta das 15h locais (10h, no horário de Brasília).

De acordo com a BBC , o ato está sendo tratado como um possível atentado terrorista. “A Suécia foi atacada. Tudo indica que se trata de um ataque terrorista”, disse o primeiro ministro sueco, Stefan Lofven. O premiê afirmou também que um suspeito foi detido.

O caso está sendo tratado como atentado terrorista / Foto: Reprodução/Twitter

Caminhão era roubado

O caminhão usado para atropelar a multidão na Suécia teria sido roubado pouco antes do ataque, informou a imprensa local.

De acordo com o site Aftonbladet , o veículo pertence a Spendrups, famosa marca de cerveja sueca. O autor do atentado teria roubado o caminhão enquanto o motorista entregava o produto nos restaurantes da cidade.

O diretor de comunicação da cervejaria, Maarten Lyth, afirmou que “quando o motorista foi descarregar a mercadoria, alguém saltou dentro do caminhão e saiu correndo”. Segundo Lyth, não foi possível identificar quantas pessoas tomaram posse do caminhão, mas o piloto “está ileso, porém chocado” com o ocorrido em Estocolmo.

O caminhão atropelou multidão e acabou dentro de loja na Suécia / foto: Reprodução/Expressen

Fonte: Último Segundo

Veja Também

Loterias – Mega-Sena acumula; próximo sorteio pode pagar R$ 9 milhões

Mega-sena