Home / Brasil / Em meio a protestos Lula toma posse nesta quinta-feira como novo ministro da Casa Civil
Clique e Saiba mais

Em meio a protestos Lula toma posse nesta quinta-feira como novo ministro da Casa Civil

ele-feden
Lula toma pose hoje da Casa Civil / Foto: Reprodução

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva retornará nesta quinta-feira (17) ao palácio para a cerimônia de posse como novo ministro-chefe da Casa Civil após cinco anos fora do Palácio do Planalto.

Ao lado dele, também assumirão os novos ministros da Justiça, Eugênio Aragão, e da Aviação Civil, Mauro Lopes. Deslocado da Casa Civil para dar o cargo a Lula, Jaques Wagner passará a comandar, a partir desta terça, o novo ministério do Gabinete Pessoal do Presidente da República.

O anúncio de que Lula assumiria a Casa Civil ocorreu ontem quarta (16), por meio de um comunicado oficial divulgado pela Secretaria de Comunicação Social. Ao longo de quarta e da última terça (15), Lula se reuniu com Dilma e ministros próximos aos dois, como Jaques Wagner e Ricardo Berzoini (Secretaria de Governo), para discutir a decisão.

A posse nesta quinta-feira ocorre um dia após o juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato em primeira instância,retirar o sigilo sobre ligações do ex-presidente Lula interceptadas com autorização judicial.

Em um desses telefonemas, Lula recebeu uma ligação da presidente Dilma na qual ela disse que enviará a ele o termo de posse para que ele só usasse “em caso de necessidade”. A divulgação da conversa intensificou os protestos no país que já vinham sendo marcados, desde terça-feira, contra a nomeação de Lula para a Casa Civil.

Para a oposição, o diálogo derruba a versão da presidente Dilma de que Lula iria para o ministério com o objetivo de fortalecer o governo e ajudar na recomposição da base de apoio do Palácio do Planalto no Congresso. No entendimento de líderes oposicionistas, fica claro que Lula aceitou a nomeação a fim de ter foro privilegiado e passar a ser investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e não mais por Sérgio Moro.

22-09-2015- banner -amarelo- naldo - madrid- som-dj-banner-centro-da-materia-775x168

Fonte: Filipe Matoso / G1 Brasilia

Veja Também

Loterias – Mega-Sena acumula; próximo sorteio pode pagar R$ 9 milhões

Mega-sena