Home / Comportamento / Egito decreta estado de emergência de três meses
Clique e Saiba mais

Egito decreta estado de emergência de três meses

Objetivo do estado de emergência é “proteger o Egito e preservar [sua segurança]”, acrescentou o presidente Al Sisi / Foto: Reprodução Facebook

Horas após os dois atentados contra catedrais do norte do país, que deixaram pelo menos 44 pessoas mortas e outras 11 feridas, o presidente do Egito, Abdul Fatah al Sisi, anunciou, ontem domingo (9), que a nação está em estado de emergência.

De acordo com o mandatário, a medida pode durar até três meses. O anúncio foi transmitido ao vivo pela emissora de televisão estatal.  O objetivo do estado de emergência é “proteger o Egito e preservar [sua segurança]”, acrescentou Al Sisi.

O anúncio foi feito depois de “tomar as medidas legais e constitucionais” pertinentes nestes casos, explicou o governante em seu breve pronunciamento.

O presidente egípcio disse que os aparelhos de segurança vão “intensificar seus esforços para punir os criminosos” que estão por trás dos dois atentados, reivindicados pelo grupo terrorista Estado Islâmico.

A primeira explosão foi registrada em Tanta, a cerca de 100 quilômetros do Cairo, capital do país. Duas horas depois, a segunda bomba explodiu em Alexandria, no norte do Egito. Ainda não foram divulgadas informações sobre suspeitos dos dois atentados.

Fonte: IG

Veja Também

Culinária – Bolo de Casca de Maçã com Biscoito, rápido e fácil de fazer

Bolo de Casca de Maçã com Biscoito