Home / Geral / Bailarino de 9 anos do Paraná é selecionado para a Escola Bolshoi
Clique e Saiba mais

Bailarino de 9 anos do Paraná é selecionado para a Escola Bolshoi

03-11-2015-menino-de-nove-anos-bale2

O bailarino Luís Henrique Duarte Romanek, 9 anos, de Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná, começou a realizar um sonho. Desde pequeno, ele descobriu que tinha dom para a dança. Recentemente, foi selecionado para estudar na Escola de Teatro Bolshoi no Brasil, em Joinville, Santa Catarina.

“Dei um pulo”, diz o menino, quando soube do resultado da seleção. Dos 2.800 candidatos, ele ficou entre os 20 escolhidos da categoria. As aulas começam em fevereiro de 2016 e duram oito anos.

Os jurados da Escola de Teatro Bolshoi foram criteriosos. “Avaliou alongamento, toda parte física para ver se o aluno tem um potencial, tem um futuro. A partir do momento em que passa nesta primeira etapa que vai para a parte artística”, conta a professora Adryelli Capoia.

A família de Luís Henrique já providencia a mudança para Joinville. É lá que funciona a escola Bolshoi, a única do mundo fora da Rússia. O estabelecimento tem o mesmo método de trabalho da Escola Coreográfica de Moscou, criada em 1773 e que se tornou referência em dança no mundo.

22-09-2015- banner -amarelo- naldo - madrid- som-dj-banner-centro-da-materia-775x168

Talento nato
A família do bailarino descobriu o talento dele logo cedo. Ele ficava sempre atento às músicas da igreja e, um dia, apresentou uma coreografia aos fiéis do templo.

“Ele ficava no embalinho, e a gente ia deixando, porque achava que ele estava copiando, mas ele cresceu e continuou, até hoje ele dança na igreja”, conta a mãe, Jaqueline Duarte.

O talento foi percebido pelo pastor Roberto Lopes. “Ele começou a dançar e a gente viu que, além do talento, já era uma vocação”, afirma.

Nos últimos dois anos, ele aperfeiçoou a técnica e conseguiu o papel principal na coreografia de “O Pequeno Príncipe”. Luís Henrique começou a pensar no Bolshoi e estava ansioso para completar 9 anos.

“É com 9 anos que vai lá e eu fiquei contando os dias e pensando: ‘quando eu fizer 9 anos eu vou pra lá’”, comenta o bailarino.

Embora seja muito novo, Luís Henrique quer seguir carreira na dança. “Tem poucos meninos e eu quero dar aula para menino. Eu quero trazer as meninas também”, completa.

03-11-2015-menino-de-nove-anos-bale

Fonte: G1 PR / RPC TV

Veja Também

Brasil – Acordão no Senado dá sobrevida a ex-vice-líder de Bolsonaro flagrado com dinheiro na cueca

Foto: Agência Senado