Home / Comportamento / Assassinatos – Pai e filho são mortos a tiros em Triunfo; suspeito é cozinheiro da empresa da família, diz polícia
Clique Aqui!

Assassinatos – Pai e filho são mortos a tiros em Triunfo; suspeito é cozinheiro da empresa da família, diz polícia

Pai e filho são assassinados em Triunfo — Foto: RBS TV/Divulgação

Um empresário e o seu filho foram mortos a tiros na noite de terça-feira (28) em Triunfo, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Eles foram identificados pela Polícia Civil como Nelson Joel de Oliveira Ferreira, de 61 anos, e Anderson Guedes Ferreira, de 36.

De acordo com a polícia, o suspeito de ter cometido o crime é um homem que trabalhava como cozinheiro da empresa da família, que atua no ramo de transporte. Segundo a delegada Sandra Mara Guaglianoni, o crime teria sido cometido porque Nelson teria ofendido a esposa do suspeito.

“Nelson teria pedido para que levassem leite para a cozinha da empresa. A esposa do suspeito levou. Ele [Nelson] teria sido ríspido com ela, que se queixou com o companheiro. O homem, então, foi até a cozinha para conversar com o patrão. A discussão avançou e o suspeito, armado, atirou contra pai e filho”, relata a delegada Sandra.

Segundo a investigação policial, o empresário tinha uma relação de amizade com o suspeito e, inclusive, teria cedido uma casa ao homem para que ele morasse com a família em uma área dentro da propriedade onde fica a empresa.

Pai e filho chegaram a receber atendimento médico em Montenegro, mas não resistiram aos ferimentos e morreram.

O suspeito do crime fugiu e ainda não foi localizado. Ele vestia uma tornozeleira eletrônica que teve o lacre rompido. A polícia faz buscas por ele.

O velório de pai e filho ocorre na Capela Mortuária São João, em Montenegro, nesta quarta-feira. Entre 17h e 19h, ele será fechado à família; depois, aberto ao público. Na quinta (30), acontece uma cerimônia de despedida, às 8h30, e o sepultamento, no Cemitério de Montenegro, às 9h30.

Fonte:  RBS TV / G1

Veja Também

Tuneiras do Oeste – Polícia descobre sítio que sediava rinhas de galos

Foto: Divulgação 7° BPM