Home / Brasil / Guarapuava – Assaltantes tocam o torrer na noite de ontem (veja os vídeos)

Guarapuava – Assaltantes tocam o torrer na noite de ontem (veja os vídeos)

Foto: Redes Sociais

Guarapuava, cidade localizada na região central do Paraná e que fica cerca de 254 quilômetros da capital Curitiba, foi alvo de ataques de uma quadrilha fortemente armada durante a noite de ontem domingo (17) e a madrugada desta segunda-feira (18).

Os bandidos fazem reféns e queimam carros após atacarem o batalhão da Polícia Militar. Além disso, eles tentam executar assaltos em agências bancárias e no Proforte, transportadora de valores.

Os bandidos causaram pânico nos moradores. A população de Guarapuava testemunhou diversos confrontos entre os bandidos e policiais, com armas de grosso calibre, como fuzis e metralhadoras, em diferentes pontos do município. Ao menos dois policiais ficaram feridos antes da quadrilha fugir por estradas vicinais.

O Exército foi acionado e passou a ocupar as ruas da cidade para evitar mais ações da quadrilha. Também foram acionados agentes da Polícia Rodoviária.

O comandante da PM em Guarapuava, o Tenente-Coronel Joas, disse ao portal Rede Sul de Notícias que a quadrilha deixou a cidade por estradas vicinais durante as primeiras horas da madrugada e que dois policiais ficaram feridos. Ainda segundo ele, os bandidos não conseguiram levar nada do Proforte, que seria o principal alvo das ações.

Até o momento da publicação da matéria, a Prefeitura de Guarapuava e o prefeito Celso Goés não se manifestaram.

Mais informações do ataque em Guarapuava devem ser repassadas pelos órgãos de segurança ao longo desta segunda-feira (18).

O 16º Batalhão de Polícia Militar (PM) do Estado do Paraná, que fica no bairro Morro Alto, foi o primeiro alvo dos criminosos para impedir a saída de policiais do local.

De forma simultânea, outros grupos da quadrilha fechou pontos de entrada de Guarapuava com barricadas perto do Rio Coutinho, na BR-277 e também no Rio das Pedras, além da estrada do Guabiroba. 

De acordo com o portal Rede Sul de Notícias, a Praça Cleve foi um ponto em que cerca de 50 bandidos renderam pessoas que passavam pelo local.

Veja o vídeo gravado por moradores:

Vídeo: Reprodução YouTube/Portal Paraná
Vídeo: Reprodução YouTube/Portal Paraná

Uma imagem compartilhada nas redes sociais mostra um projétil deixado pelos bandidos.

Além disso, o site afirma que são falsas as informações compartilhadas nas redes sociais que a Cadeia Pública e a Penitenciária Industrial de Guarapuava estão nas mãos de bandidos.

A estratégia do ataque em Guarapuava remete ao caso de Criciúma, em Santa Catarina, no fim de 2020. Naquela ocasião, uma quadrilha provou terror na cidade com reféns, barricadas de carros, explosões, tiros, assaltos a bancos e ataque a um batalhão da Polícia Militar.

Foto: Divulgação

Fonte: Portal Paraná

Veja Também

Tragédia – Homem é encontrado morto em açude na área rural de Guaraniaçu

Foto: Catve