Home / Brasil / Sorocaba – Hospital aplica vacina vencida contra hepatite B em 44 bebês

Sorocaba – Hospital aplica vacina vencida contra hepatite B em 44 bebês

Foto Pixabay

Funcionários de um hospital aplicaram doses de vacina contra a hepatite B fora do prazo de validade em 44 bebês, em Sorocaba, interior de São Paulo. A falha foi informada à Vigilância Sanitária municipal pela própria instituição, o Hospital Santa Lucinda, vinculado à Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Conforme o hospital, as famílias foram procuradas e 40 delas já tinham sido localizadas. As crianças estão sendo monitoradas. Até a tarde desta quarta-feira, 6, não havia relato de problemas de saúde decorrentes da falha.

Segundo o Santa Lucinda, o lote de vacinas foi bloqueado e a Vigilância Sanitária municipal foi notificada tão logo foi identificado que o lote estava fora do prazo. “Nossas equipes médicas e assistenciais entraram em contato com os responsáveis por esses bebês e acompanham eventuais intercorrências. Apesar dos nossos esforços, quatro famílias ainda não foram localizadas”, disse, em nota. Conforme o hospital, os 40 recém-nascidos que estão sendo acompanhados passam bem e nenhum problema foi relatado até o momento. A falha no controle da validade das vacinas está sendo apurada internamente.

A Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo informou que as vacinas de rotina são encaminhadas pelo Ministério da Saúde dentro do prazo de validade e que as prefeituras são responsáveis pela distribuição e aplicação das doses no município, bem como pelo monitoramento em caso de eventos adversos. Em nota, a prefeitura de Sorocaba informou que, assim que as vigilâncias epidemiológica e sanitária do município foram informadas, foram tomadas as providências e o caso está sendo acompanhado.

O calendário de vacinação do Ministério da Saúde para 2022 prevê uma dose da vacina contra a hepatite B para crianças ao nascer e, depois, aos dois, quatro e seis meses, a imunização é completada com a vacina pentavalente. A vacina é a principal medida de prevenção contra essa doença. A infecção pelo vírus hepatite B causa inflamação do fígado e os recém-nascidos podem desenvolver sintomas como náuseas, vômitos, cansaço, icterícia e febre.

Fonte: Estadão Conteúdo / Notícias ao Minuto

Veja Também

Tragédia – Homem é encontrado morto em açude na área rural de Guaraniaçu

Foto: Catve