Home / Brasil / Curitiba – Motorista bêbado bate e ‘estaciona’ carro dentro de lago de peixes

Curitiba – Motorista bêbado bate e ‘estaciona’ carro dentro de lago de peixes

Foto: Divulgação

O começo deste sábado (2 de abril) em Curitiba foi marcado por ocorrências um tanto inusitadas no trânsito. Num dos episódios, um motorista alcoolizado bateu o carro e acabou ‘estacionando´ o veículo no lago de peixes da Praça do Japão. Noutra situação, o carro bateu contra um poste e invadiu o terreno de uma empresa, mas o motorista acabou fugindo do local.

Na primeira situação, o motorista estaria dirigindo embriago e por isso acabou detido, encaminhado à Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran). Ele não sofreu ferimentos, mas uma mulher de 51 anos que estava no banco de passageiro do veículo teve ferimentos leves e precisou ser socorrida pela equipe do Corpo de Bombeiros.

Ainda durante a manhã de hoje um guincho foi chamado para retirar o veículo do local, próximo de uma famosa estátua de Buda que fica no meio do lago de peixes. 

Também na capital paranaense, no bairro CIC (Cidade Industrial de Curitiba), outra ocorrência durante a madrugada demandou o acionamento de um guincho. É que um motorista bateu o carro contra um poste e em seguida invadiu as grades de uma empresa. Felizmente, ninguém ficou ferido. O motorista responsável pelo acidente, no entanto, fugiu do local da ocorrência logo após a batida, abandonando o veículo no local.

Prefeito chama motorista que ‘estacionou’ em lago de ‘incivil’

Em seu perfil no Facebook, o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, se manifestou sobre o episódio do motorista alcoolizado que foi parar com seu carro dentro do lago de peixes da Praça do Japão. Segundo o político, o carro era dirigido em excesso de velocidade por um ‘incivil’ por volta das 4h30 da madrugada e voou desde o meio fio.

‘A PM atendeu a vergonhosa ocorrência. Felizmente ninguém se feriu ou morreu. Por isso insistimos nos limites de velocidade adequados para cada via, policiados por radares”, escreveu ainda o prefeito.

Agora, o município terá que esgotar o lago, salvar as carpas e ‘restaurar a harmonia’, disse Greca. “Só a estátua de Buda ficou serenamente impassível”.

Fonte: Bem Paraná / G1

Veja Também

Saúde – Tentando atrasar a chegada da varíola dos macacos, Anvisa pede retorno de máscaras

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil