Home / Brasil / Tecnologia – O impacto da tecnologia 5G no setor imobiliário

Tecnologia – O impacto da tecnologia 5G no setor imobiliário

Créditos da imagem: Freepik

De fato, a intensificação da tecnologia transformou a sociedade como um todo e, daqui pra frente, a tendência é que as relações, os comportamentos e, até mesmo, os formatos de trabalho, mudem cada dia mais.

Nesse contexto, a tecnologia 5G chega para impactar, não só o dia a dia das pessoas, como também todos os setores que envolvem a comunicação. A promessa é que esse avanço também facilite as negociações e transações de imóveis em Cascavel. Afinal, a partir dele, é possível que as imobiliárias ofereçam processos mais práticos e com informações mais completas sobre valores, estrutura das propriedades e localização de maneira mais dinâmica e acessível. Isso porque, a tecnologia 5G permite um carregamento mais rápido tanto em aparelhos desktop quanto mobiles.
Siga com a gente e saiba tudo sobre a ferramenta que pretende reinventar o mercado.

Afinal, o que é o 5G?
O 5G nada mais é do que uma tecnologia que substitui todos os fios e cabos para tornar a conexão mais limpa e simplificada. Dessa forma, a ferramenta é capaz de flexibilizar a conexão, gerar mais economia em relação aos equipamentos e manutenção e ainda, aumentar a conectividade e, consequentemente, a produtividade das empresas.

Atualmente, as transmissões mais utilizadas no Brasil ainda são a 3G e 4G, que apresentam tecnologias parecidas. Nelas, a distribuição do sinal é lançada por uma torre, onde os dispositivos fazem a captação nos ambientes. Por esse motivo, questões como relevo de uma região ou a presença de outras torres podem impactar na qualidade do sinal e gerar problemas em relação à velocidade e estabilidade da conexão.

Em contrapartida, a nova rede, poderá oferecer até 20 Gbps por segundo e permitir mais agilidade na troca de informações.

Além disso, a quinta geração de internet móvel opera a partir do beamforming, um sistema que possibilita que o sinal seja enviado diretamente para cada dispositivo e ainda analisa se toda a potência está sendo devidamente enviada. Assim, é possível evitar instabilidade e garantir uma frequência mais otimizada para promover uma boa conectividade. Ou seja, no mercado imobiliário, a tecnologia permite um contato muito mais rápido entre o corretor e os interessados em comprar casas em Cascavel.

IoT – Internet das coisas
Também conhecida como IdC, a chamada Internet das Coisas, ou, IoT, envolve a interconexão digital de objetos cotidianos com internet. Dessa forma, a tecnologia oferece aos usuários a possibilidade de gerenciar operações de maneira remota e observar ambientes com mais eficiência a partir dos dados que são enviados às plataformas em processos automáticos.

Em outras palavras, essa ferramenta tecnológica permite que os dispositivos estejam conectados a objetos como sensores, cafeteiras, lâmpadas, eletrodomésticos e muito mais.

Sem dúvidas, esse avanço pode ser uma transformação para o cenário imobiliário, visto que, com a correria cotidiana, várias pessoas se esquecem de tarefas corriqueiras como apagar uma luz, fechar janelas e trancar portas – ações inofensivas que podem gerar um grande prejuízo financeiro e ainda resultar em inúmeros riscos. Por isso, a chegada da internet das coisas pode ser um fator interessante para agregar mais valor aos imóveis e conquistar pessoas que priorizam a segurança e a tecnologia.

O 5G nas imobiliárias
Os países mais desenvolvidos como os Estados Unidos, a França e a Alemanha já adotaram a tecnologia 5G como principal forma de comunicação com os clientes. Enquanto isso, a Coreia do Sul já planeja expandir a sua internet para torná-la a mais completa estrutura de redes móveis do mundo. Conforme toda essa expansão se desenvolva, a tendência é que a IoT se popularize e passe a alcance mais pessoas.

O fato é que a quinta geração, em conjunto com a internet das coisas, são fatores fundamentais para desburocratizar o cenário imobiliário mundial e tornar o processo de quem busca comprar um apartamento em Cascavel ou uma casa muito mais simples e prático. Afinal, além de otimizar a forma de atendimento ao cliente, essa tecnologia também permite o acesso a inúmeros dados com mais agilidade.

Sem dúvidas, o mercado imobiliário tem muito a ganhar com as variadas aplicabilidades do modelo.

E você, gostou de saber mais sobre como a tecnologia 5G pode impactar o cenário imobiliário? Conte para nós nos comentários e continue de olho no nosso blog, em breve, teremos muitas novidades por aqui.

Fonte/Edição: Marina Novak

Veja Também

Toledo – Morre Moacir Hanzen, sócio proprietário e diretor geral da Rede Costa Oeste, aos 56 anos

Foto: Divulgação