Home / Brasil / Cascavel – 14 mil casos a menos: Transporte volta a operar após suspensão frear avanço da Covid-19
Clique e Saiba mais

Cascavel – 14 mil casos a menos: Transporte volta a operar após suspensão frear avanço da Covid-19

Foto: Reprodução CGN Notícias

Depois de duas semanas suspenso, como ação preventiva para conter o avanço da Covid-19, o transporte coletivo de Cascavel retornou na manhã desta segunda-feira (22) com  uma série de medidas de segurança adotadas. A suspensão do transporte surtiu efeito e reduziu a disseminação do vírus. Uma estimativa feita com base no número de passageiros que usam o transporte coletivo – são 35 mil todos os dias – e nas estatísticas de casos ativos, estimou que, do dia 2 até o dia 14 de março, 14.250 pessoas deixaram de ser infectadas com a suspensão do serviço.

“Graças a Deus os números deram uma estabilizada. Na verdade nós freamos, colocamos um teto na velocidade da contaminação. A suspensão do transporte coletivo foi ferramenta extraordinária. Deixamos de ter uma quantidade enorme de contaminação, mas tudo isso nos lembra que é preciso rigor nessa questão, mantendo o distanciamento e toda  a parte de higiene para que nós possamos, daqui para frente, diminuir o número de casos”, afirma o prefeito Leonaldo Paranhos.

Os casos ativos também foram reduzidos pela metade. No dia 2 de março, quando o transporte deixou de circular, o número de casos ativos estava em 1.084 pessoas. No boletim epidemiológico divulgado no último sábado (20), os casos ativos caíram para 553, uma redução de 49% no número de infectados. Casos ativos são aquelas pessoas que estão com o vírus e podem transmitir a outra pessoa.

Segurança

Para garantir o retorno em segurança, uma série de medidas foram adotadas. “Nós estamos dando atenção especial para isso. As empresas afixaram nos ônibus  a capacidade limite de cada veículo com a restrição de 50%. Pedimos que os passageiros nos ajudem nessa fiscalização. Nós reforçamos a fiscalização nos terminais no horário de pico. Estamos observando essa capacidade na saída dos terminais, mas no trajeto nós precisamos do apoio dos usuários, inclusive os motorista podem nos contatactar diretamente para encaminhamento de veículos extras”, destaca a presidente da Transitar, Simoni Soares.

Dentro dos veículos estão disponíveis álcool em gel, assim como nas extremidades de cada terminal. Agentes também estão espalhados nos terminais para auxiliar na assepsia com álcool.

Algumas restrições foram impostas, como a lotação máxima de 50% dos ônibus. As empresas deverão utilizar a frota total – 135 veículos – nos horários de pico. Além disso, foi reativada a Linha Expresso (linha direta), entre os terminais Leste/Oeste. Essa linha terá circulação pelas ruas Paraná, Erechim e Rio Grande do Sul.

As empresas deverão, ainda, deixar carros extras nas proximidades dos terminais para acionamento imediato, em caso de excesso de passageiros. O sistema de transporte irá funcionar das 6h às 20h.

Fonte: CGN Notícias – Cascavel / Deyvid Alan

Veja Também

Terra Roxa – Atualização do Boletim Informativo Covid-19

Banner: Imprensa Prefeitura Municipal de Terra Roxa