Home / Notícias / Dicas de Saúde com Solaine Marques; Zinco e seus benefícios para saúde e fontes alimentares
Clique e Saiba mais

Dicas de Saúde com Solaine Marques; Zinco e seus benefícios para saúde e fontes alimentares

zinco-alimentos-ricos-beneficios
Zinco – Seus benefícios para saúde e fontes alimentares / Foto montagem: Reprodução Google

solaine-oficial
Solaine Marques

Inúmeras pesquisas vêm demonstrando o crescente aumento de doenças crônico degenerativas em todo o mundo, cujas causas apontam principalmente para o estilo de vida, sendo que os pilares deste processo são o sedentarismo, o consumo excessivo de alimentos industrializados, e a deficiência de micronutrientes.

A população que têm como base dieta em alimentos de origem vegetal são predispostas à deficiência de zinco, devido, principalmente, à qualidade proteica e à alta ingestão de inositol hexafosfato (fitato). Então, a deficiência de zinco pode ser causada por uma dieta rica em cereais refinados e pão não fermentado que contêm altos níveis de fibra e fitato, os quais quelam com o zinco no intestino e evitam sua absorção.

Porem outro fator pouco falado é que a absorção intestinal de Zn pode ser diminuída por fatores antagonistas na alimentação, não apenas na presença do fitato, mas também de oxalato, os taninos e os polifenóis. Tal absorção pode ser facilitada pela presença de aminoácidos (cisteína e histidina), fosfatos, ácidos orgânicos e proteína. Na circulação, pode haver competição do Zn com os minerais cobre e ferro, dependendo da quantidade desses elementos na corrente sanguínea.

Assim, indivíduos que apresentam deficiência proteica podem sofrer interferência na biodisponibilidade, neste caso, reduzindo o transporte de zinco para os tecidos-alvos.

A deficiência de Zinco pode influenciar também no Metabolismo da Vitamina A, sendo que essa referida vitamina está envolvida em funções importantes no organismo humano, como o processo visual, manutenção da pele, resistência às infecções, crescimento, desenvolvimento ósseo, reprodução, secreção noturna do GH. Casos graves de deficiência de vitamina A pode lesionar de forma irreversível a córnea, levando à cegueira, chegando a redução  significativamente da absorção de beta-caroteno, estimada pela produção de retinol linfático.

zinco-e-os-seus-beneficios-para-a-saude
Foto: Reprodução Google

O Zinco ainda tem uma associação importante aos Hormônios tireoideanos (HT), sendo estes  fundamentais para o crescimento e desenvolvimento de vários órgãos e tecidos de vertebrados. Ate em se tratando de sistema nervoso, tem uma resposta importante nos  circuitos neurais, relacionando-se ao funcionamento de redes sinápticas excitatórias glutamatérgicas e acredita-se que tenha ação moduladora nesse sistema.

Zinco possui um papel fundamental na defesa do organismo, influenciando na proliferação e maturação das células de defesa, assim indivíduos que apresentam deficiência deste mineral ficam suscetíveis a infecções. Este nutriente, demonstra ser importante para o funcionamento dos sistemas antioxidantes pois agem na defesa celular, neutralizam a proliferação ou protegem a membrana celular da ação lesiva das espécies reativas de oxigênio, podendo ser intra ou extracelulares, enzimáticos ou não enzimáticos.

Este nutriente ainda tem um grande papel  à melhora da sensibilidade à insulina e à redução da gordura corporal, podendo assim favorecer tanto aos obesos quanto aos diabéticos do tipo 2. Os obesos têm demonstrado aportes reduzidos deste mineral e quando repostos por suplementação apresentam melhora da sensibilidade à insulina.

De todos os malefícios citados na sua ausência, pesquisas apontam que este tem uma grande relação com o aumento acentuado de testosterona, em homens com déficit deste hormônio. Da mesma forma, outra pesquisa mostrou que a restrição do zinco levou à redução significativa de testosterona, enquanto a suplementação produziu um considerável aumento. Vários estudos ainda estão relacionados a infertilidade masculina com pouca testosterona e baixa contagem de espermatozoides. Eles receberam uma alta dose diária de zinco, durante 45 a 50 dias e, ao final, quase todos apresentaram um aumento de testosterona, que somou  8 a 20 milhões na contagem de esperma.

zinco-conheca-os-beneficios-desse-super-nutriente-1
Foto Montagem: Reprodução Google

No entanto, a adequação dos níveis de zinco têm demonstrado efeito benéfico, mas é importante salientar a necessidade de uma avaliação bioquímica para determinar a carência deste mineral, visto que, quando fornecido em excesso, poderá ocorrer interação negativa com outros minerais, estando associado também à supressão da resposta imune prejudicando assim a saúde do indivíduo.

Uma dieta nutricionalmente equilibrada é muitas vezes suficiente POREM não é  garantia de utilização celular deste micronutriente porem alguns indivíduos tem dificuldade de absorver  ou  pode ocorrer interação química com outras substâncias, como JÁ DITO  como o oxalato, fitatos, fibras e alguns minerais, prejudicando a absorção.

Para suprir estas necessidades, as principais fontes alimentares são carnes bovinas, peixes, aves, leite, queijos, frutos do mar, cereais de grãos integrais, gérmen de trigo, feijões, nozes, amêndoas, castanhas e semente de abóbora.

os-alimentos-fontes-de-zinco-para-o-corpo
Foto: reprodução Google

banner para topo da materia em png-800x126

Fonte: Revisão sobre zinco,2011 / Solaine Marques – Nutrição Clínica e Esportiva Funcional/CRN 8476

Veja Também

Terra Roxa – Carro é furtado enquanto dono participava de celebração

Foto: Polícia Militar