Home / Notícias / Dicas de saúde com a nutricionista Solaine Marques, saiba quais os Alimentos que protegem o seu cérebro
Clique e Saiba mais

Dicas de saúde com a nutricionista Solaine Marques, saiba quais os Alimentos que protegem o seu cérebro

How-to-Increase-Brain-Power-Foods-for-the-Brain

solaine-oficial
Solaine Marques

Nutrição cerebral: Alimentos que protegem o seu cérebro

Muitos são os casos de déficit de memória, podendo se apresentar na forma de esquecimentos esporádicos até quadros graves de doenças degenerativas como o Alzheimer, ou ainda associado ao envelhecimento ou outros fatores como obesidade, resistência à insulina, estresse oxidativo, inflamação, hábitos de vida e tipo de alimentação.

As doenças neurológicas já têm sido consideradas um importante problema de saúde pública assim com o aumento da expectativa de vida, aumenta-se também seu risco.

Sabe-se que a idade mais avançada, vícios como o tabagismo, consumo excessivo de álcool, o estresse, intoxicação por aditivos químicos e por metais pesados (chumbo, alumínio, mercúrio, etc), além do desequilíbrio da alimentação, favorecem quadros inflamatórios e estresse oxidativo, os quais geram danos das nossas mitocôndrias,  maior degeneração de neurônios e redução na produção de neurotransmissores  importantes  para a memória, como é o caso da acetilcolina.

Para evitar os efeitos deletérios sobre a sua memória é importante conhecer os alimentos que fornecerão compostos bioativos protetores e substratos para manutenção neurológica .

Pesquisadores da Rush University Medical Center observaram que o consumo de uma dieta rica em nutrientes e compostos bioativos encontrados em alimentos como azeite de oliva extra virgem, grãos integrais, vegetais, frutas (incluindo as berries), peixes e uvas e derivados, pode reduzir em até 53% o risco de desenvolver Mal de Alzheimer (quando a dieta é seguida rigorosamente) e em até 35% (com uma dieta classificada como “moderada). O destaque para os efeitos neuroprotetores foi dado às frutas vermelhas (amora e morango), já bastante conhecidas por sua potente ação antioxidante. Porem não pode deixar de mencionar outros alimentos como o peixe por ser excelente fonte de   ômega 3 composto antiinflamatório e neuroprotetor, sua carência está relacionada a déficit de memória, dificuldade de concentração, ansiedade, depressão, dentre outras desordens neurológicas.

Destaca-se também as Oleaginosas, que pertence ao grupo das  castanhas, nozes, sementes de abóbora, girassol, linhaça, chia, amêndoas, macadâmicas, avelãs que são ricas em gorduras mono e poliinsaturadas (pool de ômegas: 3, 6, 9, 7), além de minerais e vitaminas antioxidantes  (zinco, selênio, manganês, vitamina E) que protegem nosso cérebro dos danos causados pelas substâncias inflamatórias e radicais livres. Outro alimento que è o queridinho de quem busca maior fonte proteica é o  ovo, além de serem uma fonte importante de proteína, vitaminas do complexo B (importantes sinalizadores cerebrais) e carotenóides antioxidantes, é a principal fonte alimentar de Colina, precursora do neurotransmissor da memória Acetilcolina.

Seu consumo regular nutri nossos neurônios, melhorando a capacidade de armazenar informações e concentração. Já o Açafrão da terra conhecido como curcumina possui potente ação antiinflamatória e atua na redução de morte de neurônios devido a inibição da proteína B-amilóide, sendo este alimento essencial para prevenção de doenças neurodegenerativas como o Alzheimer. Já as Frutas cítricas e o Abacate: tem alto teor de vitaminas C e E, as quais apresentam redução do estresse oxidativo de neurônios.

Porem um dos alimentos mais importantes é a Coenzima Q10: essa substância muito conhecida para o rejuvenescimento é um dos grandes fornecedores de energia para as células, inclusive os neurônios, melhorando sua capacidade, longevidade e biogênese.

Mas não podemos deixar de mencionar o Chá verde rico em catequinas que tem ação protetora antiinflamatória e antimutagênica o Cacau por apresentar alto teor de substâncias antioxidantes que atua na melhora a função cognitiva. E a Melissa e a  Sálvia que são ervas que melhoram as atividades dos receptoras de Acetilcolina e transmissão das mensagens neuronais.

Cerebro-500x325-500x325

22-09-2015- banner -amarelo- naldo - madrid- som-dj-banner-centro-da-materia-775x168

Fonte: www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed – Vp consultoria / Fotos: Reprodução Google

Veja Também

Cafelândia – Homem é morto a golpes de faca

Foto: Divulgação